Causa ou Consequência

Uma questão de prioridade

CAUSA: Nesta semana o Fundo Monetário Internacional (FMI) divulgou em seu relatório trimestral que o desempenho mundial da economia deverá sofrer um forte impacto por conta da pandemia do coronavírus, revisando a projeção de crescimento mundial de 3,3%, publicada no relatório de janeiro, para uma recessão de -3,0% no relatório atual. Tais prejuízos são contabilizados por conta da paralisação das atividades em diversos países, já que o FMI inclui nessa conta tanto as projeções dos países mais ricos, como das economias emergentes, incluindo aí o Brasil.

Então, de fato, o estrago será grande para todo o mundo, não há muito como fugir disso. Notem que a projeção de crescimento para o Brasil foi revisada de 2,2% para uma recessão -5,3%. Vale lembrar que essas projeções já consideram os pacotes de medidas que foram anunciados pelos governos e banco centrais do mundo todo. O custo de pararmos a economia para cuidar da saúde do mundo será grande e, infelizmente, faz parte. É uma questão de prioridade.

CONSEQUÊNCIA: A única certeza que temos é que não temos certeza de nada e o tamanho do tombo em nossa economia dependerá do tempo em que as atividades permanecerão fechadas, como detalhamos em nosso último relatório especial. Assim, quanto maior o tempo da pausa, maior será a recessão. Algo inevitável, já que a prioridade agora é concentrar os esforços (médicos e econômicos) no combate ao vírus. Sobre o crescimento econômico vamos ter que correr atrás – e muito – depois.

Siga o Banco Ourinvest

Logo LinkedinLogo FacebookLogo InstagramLogo TwitterLogo YoutubeLogo Spotify

Gostou? Fale com um de nossos especialistas e tire suas dúvidas.

Obrigado! Entraremos em contato com você.
Ooops! Alguma coisa deu errado. Tente novamente!

Conteúdos relacionados

5/7/22

Causa ou Consequência

Os riscos do Brasil

CAUSA: O Risco-Brasil, medido pelo Embi (índice que mede o desempenho dos títulos emitidos por mercados emergentes), vem subindo desde o...

Leia mais

21/6/22

Causa ou Consequência

Risco Institucional

CAUSA: O aumento nas taxas de juros em escala global tem causado grande preocupação nos mercados, por conta do risco de recessão que...

Leia mais

Categorias

Nossa equipe de economistas

Fernanda Consorte

Economista-chefe

Economia para todos é o lema da Fernanda. Com ampla experiência no mercado financeiro, conhecimento técnico apurado e linguagem simples, a autora contribui para a tomada de decisão de clientes e empresas que necessitem desse suporte.

Veja mais

Cristiane Quartaroli

Economista

Economista formada pela USP, com mais de 15 anos de experiência nas área de Economia e Finanças, com foco em análise macroeconômica, resultando em amplo conhecimento do mercado bancário.

Veja mais

Welber Barral

Estrategista de Comex

Mestre em relações internacionais (USFC), Doutor em direito internacional (USP) e pós-doutor em Direito do comércio internacional (Georgetown University), Barral foi secretário de Comércio Exterior do Brasil de 2007 a 2011. Atualmente é, também, diretor no Departamento de Comércio exterior da FIESP e conselheiro da Câmara de Comércio Americana.

Veja mais