Causa ou Consequência

Teto Furado

PUBLICADO EM

26/10/2021

CAUSA: A expansão fiscal geralmente é necessária em momentos de crise, não tem jeito. Contudo é necessário que existam algumas regras para que não se perca o controle. Não é exatamente o que está acontecendo mais recentemente aqui no Brasil, já que o governo decidiu que não precisa mais cumprir a regra do teto de gastos para disponibilizar recursos para seus programas assistencialistas daqui para frente. Em anos eleitorais vale tudo? Parece que sim. Mas essa decisão foi o estopim para aumentar a aversão ao risco nos mercados na semana passada (e que continua até hoje), com câmbio indo para as alturas e bolsa afundando.

 

CONSEQUÊNCIA: Com isso, tivemos mais uma rodada de piora nas expectativas por aqui. A mediana do mercado é que a taxa de câmbio fique em US$/R$ 5,45 no final deste e do próximo ano. Em ano eleitoral? Achamos difícil que o câmbio volte para esse nível, será mais alto. Isso vale também para a cotação do euro, veja na tabela abaixo. A inflação também não dará trégua, com mais expansão fiscal à vista, teremos mais inflação, por isso é provável que a projeção do IPCA para 2022 fique acima dos 4,40% sinalizados pelo mercado. O ajuste da Selic não deve parar nos 9,50%a.a.. Vamos ver!

No items found.

Siga o Banco Ourinvest

Logo LinkedinLogo FacebookLogo InstagramLogo TwitterLogo YoutubeLogo Spotify

Conteúdos relacionados

23/11/21

Causa ou Consequência

PEC dos precatórios é o tema da vez

CAUSA: Precatórios são dívidas que o governo tem com pessoas físicas, jurídicas, estados e municípios, que não são mais passíveis de...

Leia mais

13/10/21

Causa ou Consequência

Para o alto e avante!

CAUSA: Poderia ser título de história em quadrinhos, mas é a nossa taxa de câmbio mesmo. O dólar ultrapassou a marca dos US$/R$5,50 nos...

Leia mais

Categorias

Nossa equipe de economistas

Fernanda Consorte

Economista-chefe

Economia para todos é o lema da Fernanda. Com ampla experiência no mercado financeiro, conhecimento técnico apurado e linguagem simples, a autora contribui para a tomada de decisão de clientes e empresas que necessitem desse suporte.

Veja mais

Cristiane Quartaroli

Economista

Economista formada pela USP, com mais de 15 anos de experiência nas área de Economia e Finanças, com foco em análise macroeconômica, resultando em amplo conhecimento do mercado bancário.

Veja mais

Welber Barral

Estrategista de Comex

Mestre em relações internacionais (USFC), Doutor em direito internacional (USP) e pós-doutor em Direito do comércio internacional (Georgetown University), Barral foi secretário de Comércio Exterior do Brasil de 2007 a 2011. Atualmente é, também, diretor no Departamento de Comércio exterior da FIESP e conselheiro da Câmara de Comércio Americana.

Veja mais