Blog

Sopa De Letrinhas: o que é NDF?

O mercado financeiro costuma ter um vocabulário próprio com muitas siglas.

Mas o tal ‘economês’ pode ser mais simples do que você pensa. Aqui no Blog nós vamos te ajudar a entender o significado de muitas siglas e expressões. Já falamos sobre hedge cambial e hoje vamos tratar sobre NDF. A sigla é a abreviação de non deliverable forward, em inglês, ou simplesmente um contrato a termo sem entrega física de dinheiro onde o cliente busca se proteger de uma alta ou queda da taxa de câmbio

Segundo Bruno Foresti, superintendente de câmbio do Banco Ourinvest, o objetivo é fixar de forma antecipada uma taxa de câmbio em uma data futura. “Um importador, por exemplo, pode contratar o banco para se proteger das oscilações cambiais e ter previsibilidade com seus gastos e ganhos”, explica.

O contrato de NDF é muito utilizado como instrumento de hedge por importadores e exportadores. Suas principais características são a negociação de valores, vencimento e preço futuro no ato da contratação. “Não há desembolso inicial de caixa, nem ajustes diários. A liquidação se dá em reais pela diferença financeira entre o acordado e o valor de mercado na data do vencimento”, diz Bruno.

Vamos pensar em um exemplo prático: uma importadora precisa pagar US$ 100.000 de suas mercadorias daqui seis meses. No dia do fechamento do contrato com a parceira comercial, a taxa de câmbio é de R$ 3,50, mas não há como garantir qual será a cotação futura neste período. “O importador pode travar a taxa de compra dos dólares a R$ 3,50 e no fim do contrato terá o preço garantido. O valor a ser pago será em reais e calculado pela diferença da cotação no dia do fim do contrato”, diz.

Em tempos de instabilidade econômica, o NDF ganha força. O produto é ideal para importadores, exportadores e empresas que negociam em moeda estrangeira (Termo de Moeda), mas também pode ser aplicável a outras realidades e necessidades. “Não há valor máximo, nem mínimo. Além disso, quem determina o período da trava e a moeda em questão é o cliente. Nosso trabalho é ajudar a encontrar a melhor solução para cada negócio”, afirma Bruno

Siga o Banco Ourinvest

Logo LinkedinLogo FacebookLogo InstagramLogo TwitterLogo YoutubeLogo Spotify

Conteúdos relacionados

15/9/21

Blog

5 coisas que você deve saber sobre o IBAN

Ao tentar realizar transações internacionais é natural que você se depare com inúmeras siglas, que podem dar a impressão equivocada de qu...

Leia mais

9/9/21

Blog

7 podcasts sobre economia e negócios que você não pode perder

Mais de 35 milhões de brasileiros já são adeptos aos podcasts, segundo uma estimativa recente da Associação Brasileira de Podcasters...

Leia mais

Categorias

Nossa equipe de economistas

Fernanda Consorte

Economista-chefe

Economia para todos é o lema da Fernanda. Com ampla experiência no mercado financeiro, conhecimento técnico apurado e linguagem simples, a autora contribui para a tomada de decisão de clientes e empresas que necessitem desse suporte.

Veja mais

Cristiane Quartaroli

Economista

Economista formada pela USP, com mais de 15 anos de experiência nas área de Economia e Finanças, com foco em análise macroeconômica, resultando em amplo conhecimento do mercado bancário.

Veja mais

Welber Barral

Estrategista de Comex

Mestre em relações internacionais (USFC), Doutor em direito internacional (USP) e pós-doutor em Direito do comércio internacional (Georgetown University), Barral foi secretário de Comércio Exterior do Brasil de 2007 a 2011. Atualmente é, também, diretor no Departamento de Comércio exterior da FIESP e conselheiro da Câmara de Comércio Americana.

Veja mais