Causa ou Consequência

Resiliência

CAUSA: Resiliência, segundo o Google - nosso Aurélio dos tempos modernos - é a “Propriedade dos corpos que voltam à sua forma original, depois de terem sofrido deformação ou choque. Ou a capacidade de quem se adapta às intempéries, às alterações ou aos infortúnios. Ou então, a tendência natural para se recuperar ou superar com facilidade os problemas que aparecem.” Pois muito bem, já faz algum tempo que estamos observando uma grande aversão ao risco nos mercados financeiros. As bolsas do Brasil e do mundo se desvalorizaram muito e as moedas, principalmente, dos países emergentes (nós!) estão sofrendo bastante desde o surgimento do primeiro caso de coronavírus na China. Para se ter uma ideia, o real desvalorizou mais de 8%, desde então. São os investidores retirando liquidez dos mercados de bolsa e câmbio e procurando ativos mais seguros, como o ouro, por exemplo.

CONSEQUÊNCIA: Talvez a recuperação não seja tão rápida e fácil como diz nosso amigo Google, mas também não será impossível. Ao que tudo indica, os principais bancos centrais do mundo estão preparando uma ação conjunta para tentar conter os possíveis efeitos do vírus sobre a economia mundial. Se isso realmente acontecer, será uma ajuda e tanto que não passará despercebida pelos mercados. Então quando tudo isso passar, é possível que a gente veja os mercados se ajustando e voltando aos patamares de antes da crise, mas ainda teremos um longo caminho a percorrer. Haja resiliência até lá!

No items found.

Siga o Banco Ourinvest

Logo LinkedinLogo FacebookLogo InstagramLogo TwitterLogo YoutubeLogo Spotify

Conteúdos relacionados

14/9/21

Causa ou Consequência

Indefinições e risco

CAUSA: No vai e vem dos mercados observamos recentemente uma nova piora em nossa medida de risco-país

Leia mais

24/8/21

Causa ou Consequência

Movidos pela emoção

CAUSA: A vacinação está avançando no Brasil, temos mais de 50% da população vacinada com ao menos uma dose e, ao que tudo indica, os resu...

Leia mais

Categorias

Nossa equipe de economistas

Fernanda Consorte

Economista-chefe

Economia para todos é o lema da Fernanda. Com ampla experiência no mercado financeiro, conhecimento técnico apurado e linguagem simples, a autora contribui para a tomada de decisão de clientes e empresas que necessitem desse suporte.

Veja mais

Cristiane Quartaroli

Economista

Economista formada pela USP, com mais de 15 anos de experiência nas área de Economia e Finanças, com foco em análise macroeconômica, resultando em amplo conhecimento do mercado bancário.

Veja mais

Welber Barral

Estrategista de Comex

Mestre em relações internacionais (USFC), Doutor em direito internacional (USP) e pós-doutor em Direito do comércio internacional (Georgetown University), Barral foi secretário de Comércio Exterior do Brasil de 2007 a 2011. Atualmente é, também, diretor no Departamento de Comércio exterior da FIESP e conselheiro da Câmara de Comércio Americana.

Veja mais