Causa ou Consequência

Que nem pastel: tem para todos os gostos

CAUSA: Fevereiro se encerra com bastante volatilidade – parte do jogo. No mercado internacional, tivemos Trump prorrogando trégua comercial com a China e sugerindo avanço na conversa para a novela de um acordo comercial (positivo!!); por outro lado, o fim abrupto da reunião de cúpula entre Estados Unidos e Coreia do Norte, no Vietnã, coloca os mercados internacionais na defensiva. E para terminar, o PIB do 4T18 americano veio acima do esperado – bom para eles, ruim para os emergentes; quem lembra do flight-to-quality?

Localmente, destaco a fala do vice-presidente da República, Hamilton Mourão, afirmando que "tudo é negociável" nas discussões sobre o novo regime previdenciário dos militares. Ressaltou, contudo, que a categoria é mal remunerada se comparada a outras carreiras de Estado e já sofreu com uma medida provisória de 2001. Isso sugere viés do governo para a categoria, nada bom.
Os dados econômicos que foram divulgados também não ajudam no humor: o PIB do 4T18 veio no piso das projeções dos economistas e a confiança dos empresários caiu este mês. Sempre digo que PIB é olhar para trás, mas a recuperação econômica ainda está lenta e a confiança aumentará tanto quanto avançarmos na Reforma da Previdência.

CONSEQUÊNCIA: O resultado é volatilidade nesta semana pré-carnaval. Tem notícia para todo gosto, igual pastel de feira. Conforme a relação EUA-China avançar, assim como os trâmites da Reforma da Previdência, mais baixa a taxa de câmbio. Mas nesse caminho, teremos muita volatilidade, e muitos sabores de pastel.



Caros amigos leitores, vocês que acompanham e gostam de nossos textos, convido-os para seguirem nossa página no instagram @bancoourinvest. Lá temos stories diários sobre o mercado. Vem! #economia #câmbio #finanças #brasil

No items found.

Siga o Banco Ourinvest

Logo LinkedinLogo FacebookLogo InstagramLogo TwitterLogo YoutubeLogo Spotify

Conteúdos relacionados

14/9/21

Causa ou Consequência

Indefinições e risco

CAUSA: No vai e vem dos mercados observamos recentemente uma nova piora em nossa medida de risco-país

Leia mais

24/8/21

Causa ou Consequência

Movidos pela emoção

CAUSA: A vacinação está avançando no Brasil, temos mais de 50% da população vacinada com ao menos uma dose e, ao que tudo indica, os resu...

Leia mais

Categorias

Nossa equipe de economistas

Fernanda Consorte

Economista-chefe

Economia para todos é o lema da Fernanda. Com ampla experiência no mercado financeiro, conhecimento técnico apurado e linguagem simples, a autora contribui para a tomada de decisão de clientes e empresas que necessitem desse suporte.

Veja mais

Cristiane Quartaroli

Economista

Economista formada pela USP, com mais de 15 anos de experiência nas área de Economia e Finanças, com foco em análise macroeconômica, resultando em amplo conhecimento do mercado bancário.

Veja mais

Welber Barral

Estrategista de Comex

Mestre em relações internacionais (USFC), Doutor em direito internacional (USP) e pós-doutor em Direito do comércio internacional (Georgetown University), Barral foi secretário de Comércio Exterior do Brasil de 2007 a 2011. Atualmente é, também, diretor no Departamento de Comércio exterior da FIESP e conselheiro da Câmara de Comércio Americana.

Veja mais