Causa ou Consequência

Quando a poeira baixar

CAUSA: Para aqueles que se recordam do especial que publicamos na semana passada, estamos passando por um momento tão crítico quanto ao que observamos na grande crise financeira de 2008.  A diferença é que naquela época tivemos um colapso intenso nos mercados financeiros e de crédito e agora temos um grave problema oriundo da saúde pública, com impactos ainda incalculáveis sobre as economias. E medidas precisam ser tomadas para que os estragos sejam os menores possíveis. Será que vamos conseguir?

Os governos de todo o mundo, liderados pelos bancos centrais, estão tentando controlar os efeitos na economia com medidas relacionadas a crédito e juros, pois a grande preocupação é que essa crise se torne uma crise de crédito, aos moldes do que ocorreu em 2008. Nesse sentido o Banco Central e o Ministério da Economia do Brasil também anunciaram algumas medidas ontem com o intuito de aumentar o apetite de crédito e tentar proteger a população mais vulnerável, via disponibilização de recursos.

CONSEQUÊNCIA: Se tais medidas irão funcionar ou não, só saberemos mais adiante, quando a poeira baixar. Enquanto isso, em nosso mundo do câmbio, vamos continuar convivendo com uma taxa bastante depreciada, dependente de mais medidas do Banco Central e de ações do Governo para, quem sabe, voltarmos a patamares “mais aceitáveis” num futuro não muito distante. Assim esperamos!

Siga o Banco Ourinvest

Logo LinkedinLogo FacebookLogo InstagramLogo TwitterLogo YoutubeLogo Spotify

Gostou? Fale com um de nossos especialistas e tire suas dúvidas.

Obrigado! Entraremos em contato com você.
Ooops! Alguma coisa deu errado. Tente novamente!

Conteúdos relacionados

5/7/22

Causa ou Consequência

Os riscos do Brasil

CAUSA: O Risco-Brasil, medido pelo Embi (índice que mede o desempenho dos títulos emitidos por mercados emergentes), vem subindo desde o...

Leia mais

21/6/22

Causa ou Consequência

Risco Institucional

CAUSA: O aumento nas taxas de juros em escala global tem causado grande preocupação nos mercados, por conta do risco de recessão que...

Leia mais

Categorias

Nossa equipe de economistas

Fernanda Consorte

Economista-chefe

Economia para todos é o lema da Fernanda. Com ampla experiência no mercado financeiro, conhecimento técnico apurado e linguagem simples, a autora contribui para a tomada de decisão de clientes e empresas que necessitem desse suporte.

Veja mais

Cristiane Quartaroli

Economista

Economista formada pela USP, com mais de 15 anos de experiência nas área de Economia e Finanças, com foco em análise macroeconômica, resultando em amplo conhecimento do mercado bancário.

Veja mais

Welber Barral

Estrategista de Comex

Mestre em relações internacionais (USFC), Doutor em direito internacional (USP) e pós-doutor em Direito do comércio internacional (Georgetown University), Barral foi secretário de Comércio Exterior do Brasil de 2007 a 2011. Atualmente é, também, diretor no Departamento de Comércio exterior da FIESP e conselheiro da Câmara de Comércio Americana.

Veja mais