Causa ou Consequência

Hora de comemorar?

CAUSA: Começamos a semana com motivos para comemorar, pois finalmente parece que vemos uma luz de final da pandemia. A campanha de vacinação foi iniciada, após aprovação da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) para uso emergencial das vacinas Coronavac e da Universidade de Oxford contra a Covid-19.

Mas a disputa política por trás desse evento deve seguir ou até se acirrar nas próximas semanas. O ritmo de imunização da sociedade versus o recrudescimento da doença no País também pode ditar o ritmo dos preços de mercado, sobretudo a taxa de câmbio.  

E se formos seguir os exemplos dos países europeus, que estão a nossa frente no ciclo da doença, eles seguem com a dicotomia de vacina e mais medidas de isolamento.

CONSEQUÊNCIA: A imagem do Brasil está há tempos manchada nos noticiários e à vista dos investidores, o que tem mantido a taxa de câmbio mais depreciada do que em outros países emergentes desde o início da crise. No nosso ponto de vista, mesmo com notícias esperançosas e positivas, achamos pouco provável ver a taxa de câmbio sair do patamar atual de US$/R$ 5,20 – 5,30.

Siga o Banco Ourinvest

Logo LinkedinLogo FacebookLogo InstagramLogo TwitterLogo YoutubeLogo Spotify

Gostou? Fale com um de nossos especialistas e tire suas dúvidas.

Obrigado! Entraremos em contato com você.
Ooops! Alguma coisa deu errado. Tente novamente!

Conteúdos relacionados

5/7/22

Causa ou Consequência

Os riscos do Brasil

CAUSA: O Risco-Brasil, medido pelo Embi (índice que mede o desempenho dos títulos emitidos por mercados emergentes), vem subindo desde o...

Leia mais

21/6/22

Causa ou Consequência

Risco Institucional

CAUSA: O aumento nas taxas de juros em escala global tem causado grande preocupação nos mercados, por conta do risco de recessão que...

Leia mais

Categorias

Nossa equipe de economistas

Fernanda Consorte

Economista-chefe

Economia para todos é o lema da Fernanda. Com ampla experiência no mercado financeiro, conhecimento técnico apurado e linguagem simples, a autora contribui para a tomada de decisão de clientes e empresas que necessitem desse suporte.

Veja mais

Cristiane Quartaroli

Economista

Economista formada pela USP, com mais de 15 anos de experiência nas área de Economia e Finanças, com foco em análise macroeconômica, resultando em amplo conhecimento do mercado bancário.

Veja mais

Welber Barral

Estrategista de Comex

Mestre em relações internacionais (USFC), Doutor em direito internacional (USP) e pós-doutor em Direito do comércio internacional (Georgetown University), Barral foi secretário de Comércio Exterior do Brasil de 2007 a 2011. Atualmente é, também, diretor no Departamento de Comércio exterior da FIESP e conselheiro da Câmara de Comércio Americana.

Veja mais