Causa ou Consequência

Estamos na torcida

CAUSA: Parece que a disputa comercial entre os dois gigantes EUA e China está prestes a terminar, #sqn. Estamos apenas no início de um possível grande acordo, mas o fim ainda está longe e não sabemos quando, nem se, ele realmente vai chegar... ainda tem muita água para rolar. É esperada para amanhã a assinatura da primeira fase do acordo que inclui, dentre outras medidas ainda não divulgadas, a redução de tarifas de forma equitativa.  Bom para nossos amigos, mas, talvez, um pouco ruim para o Brasil, que pode ter sua exportação de produtos agrícolas, principalmente soja, reduzida, já que China passará a importar mais do nosso concorrente americano.

CONSEQUÊNCIA: A assinatura do acordo é muito esperada pelo mercado e, se acontecer, será vista com bons olhos e poderá contribuir para a diminuir a pressão que temos visto na nossa taxa de câmbio nos últimos dias. Se por um lado vamos, possivelmente, perder com as exportações, por outro, vamos ganhar um mercado mais otimista e, quem sabe, sob uma onda de bom humor para os emergentes também. Será? Vamos aguardar e torcer para que assim seja.

No items found.

Siga o Banco Ourinvest

Logo LinkedinLogo FacebookLogo InstagramLogo TwitterLogo YoutubeLogo Spotify

Conteúdos relacionados

14/9/21

Causa ou Consequência

Indefinições e risco

CAUSA: No vai e vem dos mercados observamos recentemente uma nova piora em nossa medida de risco-país

Leia mais

24/8/21

Causa ou Consequência

Movidos pela emoção

CAUSA: A vacinação está avançando no Brasil, temos mais de 50% da população vacinada com ao menos uma dose e, ao que tudo indica, os resu...

Leia mais

Categorias

Nossa equipe de economistas

Fernanda Consorte

Economista-chefe

Economia para todos é o lema da Fernanda. Com ampla experiência no mercado financeiro, conhecimento técnico apurado e linguagem simples, a autora contribui para a tomada de decisão de clientes e empresas que necessitem desse suporte.

Veja mais

Cristiane Quartaroli

Economista

Economista formada pela USP, com mais de 15 anos de experiência nas área de Economia e Finanças, com foco em análise macroeconômica, resultando em amplo conhecimento do mercado bancário.

Veja mais

Welber Barral

Estrategista de Comex

Mestre em relações internacionais (USFC), Doutor em direito internacional (USP) e pós-doutor em Direito do comércio internacional (Georgetown University), Barral foi secretário de Comércio Exterior do Brasil de 2007 a 2011. Atualmente é, também, diretor no Departamento de Comércio exterior da FIESP e conselheiro da Câmara de Comércio Americana.

Veja mais