Causa ou Consequência

Decadence Avec Elegance

CAUSA: Não é de agora que o ministro da Economia, Paulo Guedes, começou a perder os membros da sua equipe. A primeira grande baixa aconteceu em junho, com a saída do secretário do Tesouro, Mansueto Almeida. Desde então, mais alguns já foram também: 1. Rubem Novaes, presidente do Banco do Brasil; 2. Caio Megale, diretor do Ministério da Economia, mais recentemente, 3. Salim Matar pediu demissão da Secretaria de Desestatização e Privatização, insatisfeito com o ritmo das privatizações e, por fim, 4. Paulo Uebel não quis mais ficar no cargo de Gestão e Governo Digital, por conta da pausa sem fim na reforma administrativa.

CONSEQUÊNCIA: A sinalização é ruim, principalmente, para um Ministério tão importante. Além disso, desde o começo do mandato, o ministro da Economia defende a diminuição do Estado, as privatizações e as reformas. Mas, até agora, pouca coisa rolou. Imaginem como será agora com a debandada de sua equipe! Muito trabalho pela frente para tentar manter sua reputação e segurar a onda do mercado financeiro que, com alguma razão, aumentou ainda mais a aversão ao risco com essas demissões e com a crescente preocupação com as contas ficais (tema para outro causa e consequência). Somente mais alguns motivos para a contínua pressão na nossa taxa de câmbio.

No items found.

Siga o Banco Ourinvest

Logo LinkedinLogo FacebookLogo InstagramLogo TwitterLogo YoutubeLogo Spotify

Conteúdos relacionados

14/9/21

Causa ou Consequência

Indefinições e risco

CAUSA: No vai e vem dos mercados observamos recentemente uma nova piora em nossa medida de risco-país

Leia mais

24/8/21

Causa ou Consequência

Movidos pela emoção

CAUSA: A vacinação está avançando no Brasil, temos mais de 50% da população vacinada com ao menos uma dose e, ao que tudo indica, os resu...

Leia mais

Categorias

Nossa equipe de economistas

Fernanda Consorte

Economista-chefe

Economia para todos é o lema da Fernanda. Com ampla experiência no mercado financeiro, conhecimento técnico apurado e linguagem simples, a autora contribui para a tomada de decisão de clientes e empresas que necessitem desse suporte.

Veja mais

Cristiane Quartaroli

Economista

Economista formada pela USP, com mais de 15 anos de experiência nas área de Economia e Finanças, com foco em análise macroeconômica, resultando em amplo conhecimento do mercado bancário.

Veja mais

Welber Barral

Estrategista de Comex

Mestre em relações internacionais (USFC), Doutor em direito internacional (USP) e pós-doutor em Direito do comércio internacional (Georgetown University), Barral foi secretário de Comércio Exterior do Brasil de 2007 a 2011. Atualmente é, também, diretor no Departamento de Comércio exterior da FIESP e conselheiro da Câmara de Comércio Americana.

Veja mais