Causa ou Consequência

PUBLICADO EM

10/9/2020

CAUSA: Foi publicada no Diário Oficial uma resolução que reduz a zero a alíquota de importação de arroz, como reação do governo aos recentes preços do produto e consequentes reclamações da população. Embora seja legítima, a medida se faz ineficaz do ponto de vista do impacto nos preços de curto prazo, por alguns motivos: 1. O Brasil importa arroz apenas do Mercosul, cuja alíquota de importação já é zerada; 2. Importação de outras origens demandaria haver oferta excedente, com preços e qualidades adaptadas ao consumidor brasileiro - isso não existe hoje; 3. A resolução limita a redução tarifária a 400 mil toneladas e somente até o final do ano, geral do risco para o importador.

O que podemos tirar de tudo isso? A ideia principal do governo com essa medida era reduzir a pressão sobre os preços do arroz, que é um componente importante na cesta de consumo da população brasileira. Com os pontos que mencionamos acima, parece que isso não vai acontecer. Portanto, na prática, a preocupação com o recente aumento da inflação parece que vai continuar, ou seja, a luz amarela para a condução da política monetária continua acesa de forma que o Banco central pode ficar sem espaço para baixar ainda mais os juros.

CONSEQUÊNCIA: Como o mercado sempre vai na frente, as taxas futuras de juros podem começar a precificar uma alta logo menos e isso pode impactar no dólar, ou seja, juros mais altos, câmbio mais baixo. Mas não se esqueçam que também pode afetar risco pais, e ser o contrario... Parafraseando o ilustre Guimarães Rosa, no clássico Grande Sertão, veredas: “O correr da vida embrulha tudo, a vida é assim: esquenta e esfria, aperta e daí afrouxa, sossega e depois desinquieta. O que ela quer da gente é coragem”. Talvez apenas uma mera coincidência com o comportamento dos mercados financeiros, sobretudo, do dólar, não acham?

Siga o Banco Ourinvest

Logo LinkedinLogo FacebookLogo InstagramLogo TwitterLogo YoutubeLogo Spotify

Gostou? Fale com um de nossos especialistas e tire suas dúvidas.

Obrigado! Entraremos em contato com você.
Ooops! Alguma coisa deu errado. Tente novamente!

Conteúdos relacionados

5/7/22

Causa ou Consequência

Os riscos do Brasil

CAUSA: O Risco-Brasil, medido pelo Embi (índice que mede o desempenho dos títulos emitidos por mercados emergentes), vem subindo desde o...

Leia mais

21/6/22

Causa ou Consequência

Risco Institucional

CAUSA: O aumento nas taxas de juros em escala global tem causado grande preocupação nos mercados, por conta do risco de recessão que...

Leia mais

Categorias

Nossa equipe de economistas

Fernanda Consorte

Economista-chefe

Economia para todos é o lema da Fernanda. Com ampla experiência no mercado financeiro, conhecimento técnico apurado e linguagem simples, a autora contribui para a tomada de decisão de clientes e empresas que necessitem desse suporte.

Veja mais

Cristiane Quartaroli

Economista

Economista formada pela USP, com mais de 15 anos de experiência nas área de Economia e Finanças, com foco em análise macroeconômica, resultando em amplo conhecimento do mercado bancário.

Veja mais

Welber Barral

Estrategista de Comex

Mestre em relações internacionais (USFC), Doutor em direito internacional (USP) e pós-doutor em Direito do comércio internacional (Georgetown University), Barral foi secretário de Comércio Exterior do Brasil de 2007 a 2011. Atualmente é, também, diretor no Departamento de Comércio exterior da FIESP e conselheiro da Câmara de Comércio Americana.

Veja mais