Causa ou Consequência

PUBLICADO EM

4/11/2020

CAUSA: As atenções dos mercados nesta semana estão totalmente voltadas para as eleições americanas, e não é para menos. Qualquer que seja o resultado, o impacto será global, já que os EUA são uma das grandes potências mundiais e parceiros comerciais de praticamente todo o mundo. Vale mencionar que o sistema das eleições americanas é diferente de outras repúblicas, como o Brasil, por exemplo. Aqui, ganha as eleições quem tem maioria dos votos diretos; já nos EUA cada estado tem um peso diferente de acordo com o tamanho da população - chamado de colégio eleitoral. Assim, nem sempre o candidato que tema maioria dos votos, ganha as eleições, pois depende da importância dos estado sem que ele obteve mais votos. O que um candidato à presidência dos Estados Unidos precisa mesmo é conquistar a maioria dos votos nos colégios eleitorais, ou seja, pelo menos 270 dos 538 em disputa. Por enquanto, de acordo com as últimas informações que temos disponíveis, o candidato democrata Joe Biden está na frente na contagem dos votos. Contudo as apurações ainda não acabaram e é possível que Trump (republicano) consiga se reeleger mesmo perdendo nessa contagem direta.

CONSEQUÊNCIA: Tudo ainda é muito incerto. Biden está na frente, mas Trump ganhou em alguns colégios eleitorais importantes, então a disputa está acirrada e deve contribuir para que os mercados permaneçam em cautela até o final da apuração. Para o Brasil, os impactos dependerão mais de como o governo Bolsonaro irá reagir a qualquer que seja o resultado. A aposta dos especialistas é de que o pragmatismo deve acontecer e as relações internacionais entre Brasil e EUA devem seguir de forma mais tranquila. Será?

No items found.

Siga o Banco Ourinvest

Logo LinkedinLogo FacebookLogo InstagramLogo TwitterLogo YoutubeLogo Spotify

Conteúdos relacionados

14/9/21

Causa ou Consequência

Indefinições e risco

CAUSA: No vai e vem dos mercados observamos recentemente uma nova piora em nossa medida de risco-país

Leia mais

24/8/21

Causa ou Consequência

Movidos pela emoção

CAUSA: A vacinação está avançando no Brasil, temos mais de 50% da população vacinada com ao menos uma dose e, ao que tudo indica, os resu...

Leia mais

Categorias

Nossa equipe de economistas

Fernanda Consorte

Economista-chefe

Economia para todos é o lema da Fernanda. Com ampla experiência no mercado financeiro, conhecimento técnico apurado e linguagem simples, a autora contribui para a tomada de decisão de clientes e empresas que necessitem desse suporte.

Veja mais

Cristiane Quartaroli

Economista

Economista formada pela USP, com mais de 15 anos de experiência nas área de Economia e Finanças, com foco em análise macroeconômica, resultando em amplo conhecimento do mercado bancário.

Veja mais

Welber Barral

Estrategista de Comex

Mestre em relações internacionais (USFC), Doutor em direito internacional (USP) e pós-doutor em Direito do comércio internacional (Georgetown University), Barral foi secretário de Comércio Exterior do Brasil de 2007 a 2011. Atualmente é, também, diretor no Departamento de Comércio exterior da FIESP e conselheiro da Câmara de Comércio Americana.

Veja mais