Causa ou Consequência

PUBLICADO EM

4/11/2020

CAUSA: As atenções dos mercados nesta semana estão totalmente voltadas para as eleições americanas, e não é para menos. Qualquer que seja o resultado, o impacto será global, já que os EUA são uma das grandes potências mundiais e parceiros comerciais de praticamente todo o mundo. Vale mencionar que o sistema das eleições americanas é diferente de outras repúblicas, como o Brasil, por exemplo. Aqui, ganha as eleições quem tem maioria dos votos diretos; já nos EUA cada estado tem um peso diferente de acordo com o tamanho da população - chamado de colégio eleitoral. Assim, nem sempre o candidato que tema maioria dos votos, ganha as eleições, pois depende da importância dos estado sem que ele obteve mais votos. O que um candidato à presidência dos Estados Unidos precisa mesmo é conquistar a maioria dos votos nos colégios eleitorais, ou seja, pelo menos 270 dos 538 em disputa. Por enquanto, de acordo com as últimas informações que temos disponíveis, o candidato democrata Joe Biden está na frente na contagem dos votos. Contudo as apurações ainda não acabaram e é possível que Trump (republicano) consiga se reeleger mesmo perdendo nessa contagem direta.

CONSEQUÊNCIA: Tudo ainda é muito incerto. Biden está na frente, mas Trump ganhou em alguns colégios eleitorais importantes, então a disputa está acirrada e deve contribuir para que os mercados permaneçam em cautela até o final da apuração. Para o Brasil, os impactos dependerão mais de como o governo Bolsonaro irá reagir a qualquer que seja o resultado. A aposta dos especialistas é de que o pragmatismo deve acontecer e as relações internacionais entre Brasil e EUA devem seguir de forma mais tranquila. Será?

Siga o Banco Ourinvest

Logo LinkedinLogo FacebookLogo InstagramLogo TwitterLogo YoutubeLogo Spotify

Gostou? Fale com um de nossos especialistas e tire suas dúvidas.

Obrigado! Entraremos em contato com você.
Ooops! Alguma coisa deu errado. Tente novamente!

Conteúdos relacionados

5/7/22

Causa ou Consequência

Os riscos do Brasil

CAUSA: O Risco-Brasil, medido pelo Embi (índice que mede o desempenho dos títulos emitidos por mercados emergentes), vem subindo desde o...

Leia mais

21/6/22

Causa ou Consequência

Risco Institucional

CAUSA: O aumento nas taxas de juros em escala global tem causado grande preocupação nos mercados, por conta do risco de recessão que...

Leia mais

Categorias

Nossa equipe de economistas

Fernanda Consorte

Economista-chefe

Economia para todos é o lema da Fernanda. Com ampla experiência no mercado financeiro, conhecimento técnico apurado e linguagem simples, a autora contribui para a tomada de decisão de clientes e empresas que necessitem desse suporte.

Veja mais

Cristiane Quartaroli

Economista

Economista formada pela USP, com mais de 15 anos de experiência nas área de Economia e Finanças, com foco em análise macroeconômica, resultando em amplo conhecimento do mercado bancário.

Veja mais

Welber Barral

Estrategista de Comex

Mestre em relações internacionais (USFC), Doutor em direito internacional (USP) e pós-doutor em Direito do comércio internacional (Georgetown University), Barral foi secretário de Comércio Exterior do Brasil de 2007 a 2011. Atualmente é, também, diretor no Departamento de Comércio exterior da FIESP e conselheiro da Câmara de Comércio Americana.

Veja mais