Imprimir
Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
CAUSA OU CONSEQUÊNCIA? O OVO OU A GALINHA?
Palavra-chave: articulação



CAUSA: O ânimo internacional (EUA e China sinalizando acordo, e Brexit com possibilidade de ser adiado para final de junho) segurou – um pouco – a volatilidade desta semana. Mesmo porque o governo brasileiro vive entre erros e esperança de acertos em termos de articulação política (vide performance do Paulo Guedes na CCJ, nesta semana).

A semana encerra com dados de mercado de trabalho nos EUA acima das expectativas, sugerindo dólar forte. Na verdade, o cenário atual funciona assim:

 

  • dados mostrando economia norte-americana em boa forma sugerem possibilidade de o Fed revisitar o cenário de juros = dólar forte.
  • se a economia começa a fraquejar, sugere desaceleração mundial, com protagonismo de China e EUA, e, portanto = dólar forte.


CONSEQUÊNCIA: CTenho dificuldade de ver emergentes com moeda fortalecida neste ano. E para nós, a saída é a Reforma da Previdência mesmo. Então o governo está certo de ir em busca (tentativa???) de melhorar a articulação política, conhecida popularmente como a malemolência brasileira.


Caros amigos leitores, vocês que acompanham e gostam de nossos textos, convido-os para seguirem nossa página no instagram @bancoourinvest. Lá temos stories diários sobre o mercado. Vem! #economia #câmbio #finanças #brasil
Fernanda Consorte
Estrategista de Câmbio
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
Nota da Autora

Talvez existam pessoas que tenham o heroísmo (ou a cara de pau?) de fazer projeções com forte grau de convicção para a taxa de câmbio brasileira. Eu, economista de formação, com mais de 10 anos andando nesse mercado de inconstâncias, prefiro dizer que sou capaz de dar opiniões, quiçá direções para essa variável. Humildade posta, eventualmente tomarei a frente para dar opiniões sobre fatos que podem gerar consequências no mercado, tentando desvendar quem vem primeiro: o ovo ou a galinha.